sexta-feira, 26 de novembro de 2010

DICAS DE SAÚDE


Razões para dormir e despertar cedo...

De madrugada 3:00 - 5:00: desintoxicação dos pulmões.  É por isso que por vezes neste horário se produzem fortes acessos de tosse. Quando o processo de desintoxicação atinge o trato respiratório, é melhor não tomar medicamentos para a tosse, já que interferem no processo de eliminação de toxinas.

Manhã 5:00 - 7:00: desintoxicação do cólon.  É o horário de ir ao banheiro para esvaziar o intestino.
 
A primeira refeição antes das 7:30am é benéfica para aqueles que querem manter-se em forma.
Os que não têm por hábito alimentar-se logo cedo, devem tentar mudar o hábito, sendo menos prejudicial realizá-lo entre as 9:00 e as 10:00 em vez de ficar a manhã completa sem comer.

Dormir tarde e despertar tarde interromperá o processo de desintoxicação de químicos desnecessários ao seu organismo. Além disso, você deve ter em conta que das 00:00 às 4:00 am é o horário em que a medula óssea está produzindo sangue. Então, procure dormir bem e não deitar tarde.
 
CUIDE DA SUA SAÚDE!
Viva a vida com limites!
 
______________________________________________________________________

Os alimentos "Top-five" causadores de câncer:

1. Cachorros quentes
Porque têm alto teor em nitratos.  A "Cancer Prevention Coalition" adverte que as crianças não devem comer mais de 12 salsichas por mês. Se você
não pode viver sem as salsichas, compre as que são feitas SEM nitrato de sódio.


2. Carnes processadas e toucinho
Também contêm altos níveis de nitrato de sódio  como as salsichas, assim como  também o toucinho e outras carnes processadas aumentam o risco de doenças do coração.  A gordura saturada do toucinho também é um grande colaborador na geração de câncer.



3. Donuts
Os donuts são duplamente causadores de câncer. Primeiro porque são elaborados com flúor, açúcar refinado e óleo hidrogenado, depois são FRITOS a altas temperaturas. Os donuts são o primeiro "alimento" de todos os que se pode comer que elevará altamente o risco de gerar câncer.


4. Batatas fritas
Assim como os donuts, as batatas fritas são elaboradas com óleos hidrogenados a altas temperaturas. Também contêm acrylamidas que se geram durante o processo  a altas temperaturas.
Deveriam chamar-se batatas de câncer em vez de batatas fritas.

5. Biscoitos e bolachas
São geralmente elaboradas com flúor e açúcar. Até as que em suas etiquetas são orgulhosamente apresentadas como livres de gorduras transgênicas geralmente contêm ainda, só que em quantidades menores.


HÁBITOS QUE PREJUDICAM O CÉREBRO
(matam neurônios)

1. Não tomar o café da manhã
A pessoa que não toma o café da manhã tem baixo nível de açúcar no sangue. Isto gera uma quantidade insuficiente de nutrientes ao cérebro causando a sua degeneração paulatinamente.

2. Comer demais
Isto causa o endurecimento das artérias do cérebro, causando também baixa capacidade mental.


3. Fumar 
Causa a diminuição do tamanho cerebral e promove também a doença de Alzheimer.

4. Consumir altas quantidades de açúcar
O alto consumo de açúcar interrompe a absorção de proteínas e outros nutrientes causando má nutrição e pode interferir no desenvolvimento do cérebro.

5. Contaminação do ar
O cérebro é o maior consumidor de oxigênio do corpo. Inalar ar contaminado diminui a sua oxigenação provocando uma diminuição da eficiência cerebral.


6. Dormir pouco
O dormir permite ao cérebro descansar.  A falta de sono por períodos prolongados acelera a perda de células do cérebro.


7. Dormir com a cabeça coberta
Dormir com a cabeça coberta aumenta a concentração de dióxido de carbono e diminui o oxigênio causando efeitos adversos ao nosso cérebro.


8. Fazer o cérebro trabalhar quando estamos doentes
Trabalhar e estudar quando estamos doentes, além da dificuldade do cérebro para responder nesse estado, prejudica-o.


9. Falta de estimulação
Pensar é a melhor maneira de estimular o nosso cérebro e não fazê-lo provoca que o cérebro diminua o seu tamanho e portanto a sua capacidade.


10.
Pratique a conversação inteligente
Conversas profundas ou intelectuais promovem a eficiência cerebral

-------------------------------------------------------------------------------------------
Causas principais que prejudicam o fígado

1. Dormir tarde e despertar tarde
2. Não urinar pela manhã
3. Comer demasiado
4. Saltar o café da manhã
5. Consumir muitos medicamentos
6. Consumir conservantes, colorantes,  adoçantes artificiais
7. Consumir óleos de cozinha em alta temperatura. Reduza o mais possível o consumo de alimentos fritos, mesmo os que utilizam azeites benéficos. Não consuma alimentos fritos quando estiver cansado ou doente, a menos que seja muito magro, mas se puder, evite-o.
8. Consumir alimentos de origem animal crus ou demasiado cozidos sobrecarregam o fígado.
Os vegetais devem ser comidos crus ou pouco cozidos. Se consumir vegetais fritos, não guarde para consumo posterior.

Só temos que adotar um estilo de vida mais saudável e melhorar os nossos hábitos alimentares. Manter bons hábitos de alimentação e exercício é muito positivo  para que o nosso organismo absorva o que necessita e elimine os químicos no seu "horário".
 
LEVE MAIS A SÉRIO A SUA SAÚDE...

domingo, 3 de outubro de 2010

Dia do Nascituro


SEMANA NACIONAL DA VIDA E DIA DO NASCITURO
Nos dias 1 a 7 de outubro celebramos a Semana Nacional da Vida, e dia 8, dia do Nascituro.
O evento é promovido pela CNBB e articulado pela Pastoral Familiar, e é fruto do compromisso assumido pelos Bispos do Brasil, reunidos na 43º Assembléia Geral da CNBB , que aconteceu em 2005, em Itaici.
Porque a Semana Nacional da Vida e Dia do Nascituro
É uma ocasião especial para colocar em evidência o valor e a beleza desse Dom precioso que de Deus recebemos. De modo especial para salientar o valor sagrado da vida humana e da sua dignidade, sem nos esquecermos de todas as demais dimensões que esta abrange. Diante de tantas ameaças que atualmente a vida vem sofrendo é nossa missão reafirmar sua importância inestimável, poisela é o fundamento sobre o qual se apoiam todos os demais valores.
E o Nascituro?
É aquele ser humano que está no ventre materno antes que a Mãe lhe dê à luz. Este possui o direito de ser respeitado na sua integridade. Tem dignidade como a de qualquer pessoa já nascida.
Por isso foi escolhido o mês de outubro, que antecede o dia da criança.
Objetivo da Semana Nacional da Vida
É celebrar, promover e enaltecer a vida, desde a concepção até seu declínio natural.
O tema deste ano é: “Vida, Ecologia Humana e Meio Ambiente”
PORQUE A VIDA?
A vida é a prioridade das prioridades. A opção pela vida e pelos caminhos da vida, nos torna promotores da cultura da vida e profetas defensores da vida desde a fecundação até seu fim natural. Quem Valoriza a Vida, não aceita o aborto, eutanásia, violência, depredação do meio ambiente e cultura de morte.
É alarmante os atentados a vida nas suas fases mais frágeis: a da criança e a do idoso. 
O ser humano não é um átomo perdido no universo, mas, filho de Deus, amado desde sempre e para sempre.


Ecologia Humana

È a relação do ser humano com seu ambiente natural, consigo mesmo e com seus semelhantes. Para a ecologia humana, é incoerente a pessoa se engajar pela salvação do planeta, sem cuidar das suas necessidades físicas e emocionais.
Por isso se propõe a restabelecer a harmonia entre o homem e o meio ambiente e entre o homem e o homem, de maneira a ajudá-lo a encontrar o equilíbrio na temerária exploração dos recursos naturais e das relações humanas. É necessário ao homem resgatar a visão de si mesmo e da natureza, de maneira a se inserir em um sistema equilibrado que permita a ambos sobreviverem.
Norteado por estes propósitos, a humanidade deve almejar uma vida naturalmente saudável e vivida com inteligência e simplicidade. Isto implica em profundas mudanças de hábito e comportamento, como a busca por alimentação equilibrada, saúde consciente, educação de qualidade, acesso a informação seletiva, condições adequadas de moradia, e principalmente viver de maneira harmônica e respeitosa com os seus semelhantes, e toda a criação.
Mãe Terra – Útero da Vida,grita e geme como em dores de parto, portanto e urgente o zelo e o cuidado, para que as futuras gerações possam usufruir de maneira sustentável, e que nós seres humanos perpetuemos toda a vida que há nela.
Volnei Exterkoetter e Marivone OrtheyExterkoetter
Pastoral Familiar de Santa Catarina

quarta-feira, 15 de setembro de 2010

Qual é a causa... da falta de: ética, de diálogo, de solidariedade, de confiança, de Amor, de Paz...

Diante da situção em que a sociedade vive, privada de consciência crítica, sem pensar por si mesma, leva muitos a agirem sem saber a causa real, são "massa de manobra" ou "fulano/a vai com o/as outros/as"... 

domingo, 12 de setembro de 2010

pilares_0001.wmv

VISÃO DE MUNDO

            “Machado de Assis  nos conta a história de um canário que vivia em uma gaiola feia, num lugar sujo, entre os trastes de um velho armazém (desses de balcão que vendem toda a natureza de coisas). Um cidadão impressionado com o canto do pássaro entre tanta coisa morta, pergunta a ele se não sente falta do céu azul, ao que o pássaro lhe responde que não sabe o que é isso, que o seu mundo é aquela gaiola, e tudo mais é ilusão e mentira. O homem intrigado, resolve comprá-lo. Coloca-o numa gaiola branca, em uma varanda que dá para o jardim. Depois de algum tempo, pergunta-lhe o que é o mundo, e ele responde que o mundo é um grande jardim com flores e arbustos, e que tudo mais é ilusão e mentira. O homem adoeceu  e o seu empregado deixa o pássaro escapar. Tempos depois, passeando pelos arredores, ele vê o canário e torna a perguntar-lhe o que é o mundo para ele. O pássaro então, lhe responde que o mundo é o espaço infinito e azul com o sol por cima”.
            E, se esse pássaro fosse levado por um astronauta  ao espaço, o que diria?
            O conto de Machado de Assis  é semelhante ao Mito da Caverna de Platão. Ambos falavam da relatividade da visão do homem. A visão de mundo das pessoas varia de acordo com o que ouviram, o ambiente em que estão, os lugares que frequentam, os livros  que lêem, enfim, transpiram a sua realidade cultural imediata. Essa visão de mundo é a sua verdade e o resto é  ilusão e mentira. Os valores de uma sociedade se distinguem dos valores de outra. A verdade de um povo, de uma religião, de um partido político se distingue da verdade de outros povos, etc.
            Todo homem quer fazer de sua crença a verdade universal e impô-la aos demais. É o que acontece nas seitas religiosas e políticas. Existem, para esses  homens, só duas categorias de pessoas: os bons e os  maus. Maus são os que tem outra visão de mundo, de vida. Heródoto disse que, se lhes oferecêssemos a escolha de  todos os costumes do mundo, daqueles que lhes parecessem melhores eles examinariam a totalidade e acabariam preferindo os seus próprios costumes, tão convencidos estão de que esses são melhores de que todos os outros.
            Se a maior grandeza  dos atos humanos reside na busca de unir a humanidade, então,   tudo aquilo que divide os homens é um atentado as boas relações. Cada um está obstinado em absolutizar a sua visão. Isso acontece em matéria de religião, política, economia e tantos outros assuntos.
            Platão acreditava que o  aprofundamento intelectual do homem o faria sair gradativamente da obscuridade  para a luz. A erudição, necessariamente, não melhora eticamente o homem, mas lhe dá uma visão mais completa da  realidade. A ignorância pode ser comparada ao primeiro ambiente do canário   no conto de Machado de Assis,  há homens que nunca mudam de ambiente, não alteram seus hábitos, não diversificam ideologicamente suas leituras, repetem todos os domingos os mesmos ritos, no dia a dia estão fixos a mesma rotina...
            Esses são os prisioneiros da caverna, do mito de Platão. Vêem as sombras, e essas são a sua verdade; e o resto é ilusão e mentira.  Educam seus filhos nessa “Verdade”  e excomungam os demais que vêem a realidade de modo diferente. Uma outra  visão é coisa do mundo e do diabo.
            Eles se esquecem de que a sua metafísica não pode ser gabaritada. No  contexto da relatividade cultural, a crença (visão)  perde o seu caráter absoluto e, por isso, não pode ser imposta a ninguém. Cada um tem, pois, o direito de escolher e acreditar no que a sua consciência determina. De nada vale discutir ideologias, crenças...   Se todos se demonstram, todas também se opõem.
            É impossível que todos os  homens tenham a mesma visão ( a mesma crença, os mesmos  hábitos); por isso, a união entre os homens reside  na tolerância à visão alheia, porque nenhuma visão é completa.  Nossas certezas são apenas um balbucio torpe daquilo  que nos foi colocado  repetidamente na cabeça desde a infância. E, na medida que variamos de ambiente, de hábitos e  diversificamos   o nosso abastecimento intelectual, concluímos que a verdade é bem mais complexa e mais distante .   Essa percepção nos tornará  mais humilde  e mais  tolerantes à verdade alheia.

quarta-feira, 8 de setembro de 2010

Cores Missionárias

Continente significa cada uma das grandes divisões da Terra. E estas divisões tornam-se conhecidas por um nome: Ásia, África, Europa, América, Oceania.

No contexto missionário, cada um deles receberam uma cor que os representam:
A cor verde recorda a África, com suas florestas e tam­bém a esperança do crescimento da Fé cristã, graças também aos missionários que lá se encontram.

A cor vermelha lembra as Américas, por causa da cor da pele dos primeiros habitantes, os índios, (“os peles-ver­melhas”, como foram chamados na América do Norte) e também o sangue dos mártires, derramado por estes povos na época da conquista destas terras pêlos euro­peus e nos nossos dias. Mártires de ontem e de hoje.

A cor branca representa a Europa, terra da raça branca. É também o continente que tem a presença do Papa, o grande mensageiro e missionário da paz.

A cor azul lembra a Oceania, continente formado por muitas ilhas e necessitado de missionários, mas que já envia seus missionários para outras ter­ras, inclusive para o Brasil. É também o continente da ecologia, ou seja, o que mais luta pela preserva­ção da natureza.

A cor amarela representa a Ásia, continente da raça amarela, berço das antigas civilizações, cul­turas e religiões. Lá se encontra quase metade da população do planeta e a menor porcentagem de cristãos. Vivem os extremos da riqueza e da pobreza.

COMO SURGIRAM AS CORES DOS CONTINENTES?
O bispo Fulton Sheen, quando era diretor das POM dos Estados Unidos, teve a ideia do Rosário Missionário. O rosário é formado por cinco dezenas, que são rezadas meditando-se em quatro "mistérios" da vida cristã. Cinco também são os continentes do mundo. Ele escolheu uma cor para cada continente que, de alguma forma, recorda suas características. A cor representa cada povo e cada cultu­ra. O Rosário Missionário, além da devoção a Maria, mãe de Jesus, tem como objetivo unir pela oração todos os filhos de Deus presentes no mundo inteiro. Por isto a contemplação de cada mistério traz uma reflexão sobre cada continente. "A ora­ção deve acompanhar os passos dos missionários, para que o anúncio da palavra se torne eficaz, pela graça divina." A ora­ção do rosário é simples e fácil de se rezar e poderia ser assu­mida por todos da IAM.
Como sabemos, nós que fazemos parte desta Obra temos algo que nos identifica: é a nossa saudação. Entrelaçamos nossas mãos em sintonia com todas as crianças do mundo. Cada dedo representa um conti­nente e assim nos saudamos: "De todas as crianças do mundo, sempre amigos!" Esta saudação tem o objetivo de nos integrar na Missão universal. Assim como o tema: "Crianças ajudam e evangelizam crianças." É para nos lembrar do compromisso com a Missão universal.


FONTE: http://garotada-diretrizes.blogspot.com/2009/01/as-cores-missionrias.html

Quem cria espectativa, frustra-se. Mas quem traça objetivos e metas: Transforma

Diante da realidade em que muitas pessoas vivem, acostumadas em receber informações prontas, a consciência crítica e o ato de pensar, é uma tarefa ardua e desagradável. É urgente sair do comodismo e fazer a diferença, seja um cidadão exclarecido argonalta do saber!

Folosofia

PORQUE O FRANGO ATRAVESSOU A RUA?

PLATÃO: Porque buscava alcançar o bem.  
ARISTÓTELES: Está na natureza dos frangos cruzar a estrada.  
MARX: Era uma inevitabilidade histórica.  
HIPÓCRATES: Devido a um excesso de humores em seu pâncreas. 
MAQUIAVEL: O frango cruzou a estrada. A quem importa o por quê? O fim de cruzar a estrada justifica qualquer ato.
KANT: O frango seguiu apenas o imperativo categórico próprio dos frangos. É uma questão de razão prática.  
SARTRE: Trata-se de mera faticidade. 
NIETZSCHE: Ele deseja superar a sua condição de frango para tornar-se um superfrango.
BLAISE PASCAL: Quem sabe? O coração do frango tem razões que a própria razão desconhece.  
SÓCRATES: Só sei que nada sei.  
PARMENIDES: O frango não atravessou a estrada porque não podia mover-se.O movimento não existe.  
ESTOICOS: O frango atravessou a estrada porque esse é um acontecimento necessário. É o destino. Já estava previsto pela ordem universal do cosmos.  
EPICURISTAS: É prazeroso ao frango atravessar estradas. O que você acha, amigo? FILÓSOFOS DA ESCOLA DE FRANKFURT: É uma questão medíocre imposta pelos mentores de uma arte de massas que transformou a imagem de um frango em mais um produto da indústria cultural.  
FILÓSOFOS MEDIEVAIS: Para responder a tal questão, devemos primeiro deliberar se a expressão "frango" é puro termo esvaziado de sentido ou se a palavra que expressa a idéia genérica e universal de frango, ou ainda se se trata de um frango concreto em particular. 
Fonte: Textos da internet.

MUDANÇAS


Filme Edson

Pastoral_Familiar_Assembléia_Caçador.wmv

segunda-feira, 6 de setembro de 2010

PASTORAL FAMILIAR

Nos dias 4 e 5 de setembro, aconteceu no centro de formação – Castelhano, a Assembleia Diocesana da Pastoral Familiar. O evento foi enriquecido por dezenas de lideranças de algumas paróquias da Diocese, fazendo com que o trabalho fosse de uma riqueza imensa. Percebemos o avanço pastoral e a preocupação enorme por parte destes fieis, que encontram na FAMÍLIA o berço de todas as vocações. Sabemos que há muitas bençãos, graças, virtudes e valores em nossas famílias, e é justamente a partir deste “ninho” familiar que a sociedade será melhor. Foi nesta atmosfera de otimismo que a assembleia aconteceu. Celebrando a riqueza familiar, iluminando ainda mais com as Sagradas Escrituras e Documentos da Igreja e tantas experiência extraordinárias que Deus manisfestou e as famílias abriram-se para acolher. “A Pastoral Familiar abrange todas as famílias, independente de sua situação da familiar, com o propósito de promover a inclusão e resgatar os valores e a dignidade de cada pessoa”. Em assembleia refletimos que nem todas as famílias estão abertas e preparadas para acolher esta benção, há muitos desafios e ameaças a este “ninho”, que por hora é frágil e precisa de cuidados, de formação, de afeto, ternura, carinho, acolhimento... Precisamos cuidar, proteger e zelar este tesouro com toda força que há no coração e não deixar que os predadores atinjam e agridam a VIDA da FAMÍLIA. Estamos falando da falta de diálogo, de ternura, da capacidade de amar e perdoar, de ser profetas nos dias de hoje e resistir a “cultura” do descartável, amizades virtuais, computadores e internet usados sem responsabilidade, das relações superficiais, do consumismo e imediatismo, “falta de tempo” para certas coisas imprescindíveis para haver harmonia, compreensão, honestidade, educação... Se esta realidade faz parte dos conteúdos e valores da tua vida, venha fazer parte da PASTORAL FALIMIAR, procure na sua paróquia as lideranças que já estão abertas para transformar cada dia mais nossas famílias em LARES de Amor, fé, diálogo, ternura, afeto, carinho, e aumentar ainda mais a lista de valores cultivados no coração. Assim sendo certamente a safra será farta e nossa sociedade um paraíso. Nos encaminhamento da Assembleia percebemos que este compromisso é de todo BATIZADO, chamado a responder generosamente ao apelo de Deus, que conta conosco nesta edificação familiar. Pastoral Familiar - Caçador

terça-feira, 10 de agosto de 2010

Dia do estudante

Origem
No dia 11 de agosto de 1827, D. Pedro I instituiu no Brasil os dois primeiros cursos de ciências jurídicas e sociais do país: um em São Paulo e o outro em Olinda, este último mais tarde transferido para Recife. Até então, todos os interessados em entender melhor o universo das leis tinham de ir a Coimbra, em Portugal, que abrigava a faculdade mais próxima.
Na capital paulista, o curso acabou sendo acolhido pelo Convento São Francisco, um edifício de taipa construído por volta do século XVII. As primeiras turmas formadas continham apenas 40 alunos. De lá para cá, nove Presidentes da República e outros inúmeros escritores, poetas e artistas já passaram pela escola do Largo São Francisco, incorporada à USP em 1934.
Cem anos após sua criação dos cursos de direito, Celso Gand Ley propôs que a data fosse escolhida para homenagear todos os estudantes. Foi assim que nasceu o Dia do Estudante, em 1927.
Oração do estudante
Senhor, eu sou estudante, e por sinal, inteligente.
Prova isto o fato de eu estar aqui, conversando com você.
Obrigado pelo dom da inteligência e pela possibilidade de estudar.
Mas, como você sabe, Cristo, a vida de estudante nem sempre é fácil.
A rotina cansa e o aprender exige uma série de renúncias: o meu cinema, o meu jogo preferido, os meus passeios, e também alguns programas de TV .
Eu sei que preparo hoje o meu amanhã.
Por isso lhe peço, Senhor, ajuda-me a ser bom estudante.
Dê-me coragem e entusiasmo para recomeçar a cada dia.
Abençoe a mim, a minha turma e os meus professores. Amém.

Fonte: http://www.velhosamigos.com.br/DatasEspeciais/diaestudante.html
Ocorreu um erro neste gadget