domingo, 3 de outubro de 2010

Dia do Nascituro


SEMANA NACIONAL DA VIDA E DIA DO NASCITURO
Nos dias 1 a 7 de outubro celebramos a Semana Nacional da Vida, e dia 8, dia do Nascituro.
O evento é promovido pela CNBB e articulado pela Pastoral Familiar, e é fruto do compromisso assumido pelos Bispos do Brasil, reunidos na 43º Assembléia Geral da CNBB , que aconteceu em 2005, em Itaici.
Porque a Semana Nacional da Vida e Dia do Nascituro
É uma ocasião especial para colocar em evidência o valor e a beleza desse Dom precioso que de Deus recebemos. De modo especial para salientar o valor sagrado da vida humana e da sua dignidade, sem nos esquecermos de todas as demais dimensões que esta abrange. Diante de tantas ameaças que atualmente a vida vem sofrendo é nossa missão reafirmar sua importância inestimável, poisela é o fundamento sobre o qual se apoiam todos os demais valores.
E o Nascituro?
É aquele ser humano que está no ventre materno antes que a Mãe lhe dê à luz. Este possui o direito de ser respeitado na sua integridade. Tem dignidade como a de qualquer pessoa já nascida.
Por isso foi escolhido o mês de outubro, que antecede o dia da criança.
Objetivo da Semana Nacional da Vida
É celebrar, promover e enaltecer a vida, desde a concepção até seu declínio natural.
O tema deste ano é: “Vida, Ecologia Humana e Meio Ambiente”
PORQUE A VIDA?
A vida é a prioridade das prioridades. A opção pela vida e pelos caminhos da vida, nos torna promotores da cultura da vida e profetas defensores da vida desde a fecundação até seu fim natural. Quem Valoriza a Vida, não aceita o aborto, eutanásia, violência, depredação do meio ambiente e cultura de morte.
É alarmante os atentados a vida nas suas fases mais frágeis: a da criança e a do idoso. 
O ser humano não é um átomo perdido no universo, mas, filho de Deus, amado desde sempre e para sempre.


Ecologia Humana

È a relação do ser humano com seu ambiente natural, consigo mesmo e com seus semelhantes. Para a ecologia humana, é incoerente a pessoa se engajar pela salvação do planeta, sem cuidar das suas necessidades físicas e emocionais.
Por isso se propõe a restabelecer a harmonia entre o homem e o meio ambiente e entre o homem e o homem, de maneira a ajudá-lo a encontrar o equilíbrio na temerária exploração dos recursos naturais e das relações humanas. É necessário ao homem resgatar a visão de si mesmo e da natureza, de maneira a se inserir em um sistema equilibrado que permita a ambos sobreviverem.
Norteado por estes propósitos, a humanidade deve almejar uma vida naturalmente saudável e vivida com inteligência e simplicidade. Isto implica em profundas mudanças de hábito e comportamento, como a busca por alimentação equilibrada, saúde consciente, educação de qualidade, acesso a informação seletiva, condições adequadas de moradia, e principalmente viver de maneira harmônica e respeitosa com os seus semelhantes, e toda a criação.
Mãe Terra – Útero da Vida,grita e geme como em dores de parto, portanto e urgente o zelo e o cuidado, para que as futuras gerações possam usufruir de maneira sustentável, e que nós seres humanos perpetuemos toda a vida que há nela.
Volnei Exterkoetter e Marivone OrtheyExterkoetter
Pastoral Familiar de Santa Catarina
Ocorreu um erro neste gadget